quinta-feira, 14 de maio de 2009

Impossível ficar indiferente

a notícias destas:

«Directora do Colégio Décroly, em Lisboa, foi acusada de cinco crimes de maus tratos contra
pessoa deficiente, depois de um ano de investigação. O caso divulgado pelo DN contém denúncias de crianças amarradas, do acesso fácil à medicação e do internamento compulsivo de um aluno.
(...)
De acordo com informações recolhidas pelo DN, a investigação do DIAP começou após uma denúncia feita pelo Tribunal de Família e Menores. A este tribunal, uma médica do Centro de Paralisia Cerebral da Fundação Calouste Gulbenkian fez chegar uma série de relatos sobre a forma como jovens e adultos com deficiência eram tratados no colégio. Há suspeitas de que alguns eram presos às cadeiras com cintos e com fita de estores. As suspeitas de maus tratos passam ainda pela alimentação dos doentes internados. A situação encontrada pela investigação (que além dos procuradores do DIAP, envolveu ainda Segurança Social, a ASAE, a Inspecção-geral de Educação, a Autoridade de Saúde e a Delegação de Lisboa do Instituto de Medicina Legal) levou a que alguns dos doentes mais graves fossem transferidos para outra instituição.»
*
artigo do DN
ver completo AQUI
*
Numa das ocasiões em que o Principezinho estava internado na UCI, deu entrada uma jovem deficiente, residente numa instituição, por (alegadamente) maus tratos e negligência... Acabou por falecer, se não me falha a memória, nesse mesmo dia.
Não sei qual era a instituição.
Apenas sei que não duvido que existam muitas situações semelhantes...
*

7 comentários:

Catarina disse...

SERÁ QUE ESSAS PESSOAS NÃO VÊM QUE ESTÃO A MALTRATAR ANJOS?!!!

MICRO DEUSA disse...

QUE GENTE MAIS NOJENTA ESSA...

Xu disse...

Parece kuase impossivel q exista gentinha assim mas sabemos q existem e lá vão sendo descobertos embora provavelmente e em mts casos já tarde demais e aposto em como nunca so punidos como deveriam ser pq criminosos desses nem merecem viver... P*** q os pariu!

Sofia disse...

Sem comentário possível.
Eu partilho espaço com alguém, que à sua maneira tb dá maus tratos à minha Mimi... Mas a nós já lhe estamos a fazer a folha...
Aliás, já não trabalha mais com ela, para o ano que vem.
Quer tirar o curso de educadora, diz ela espero que com a queixa na DREL ela nunca chegue a exercer. No que depender de mim...

Prima Ana disse...

Infelizmente não duvido que haja muitos casos assim em que tantas crianças sofrem e não têm como se queixar sequer... quem os defende?
As penas neste país são tão brandas, ninguém chega a pagar pelo que faz.. A justiça nunca é feita porque afinal o que fica são os danos irreparáveis na vida de seres humanos que nunca mais se esqueçe...
Pessoas assim capazes de tais atrocidades deviam ser castigadas severamente, não ficarem presas a dormir numa cama, com roupa lavada, comida, tv, etc... tudo á nossa conta.. CASTIGO SEVERO!!!!

Dina disse...

Olá, olá

Nem sei como comentar esta noticia...

Mas, parece-me bem, que o nosso pequeno país se prepare de forma DIGNA, para as eleições europeias gastando milhões na campanha eleitoral...

PSD - Partido SOLIDARIEDADE na DEFICIÊNCIA - 2 MILHÕES de euros

PS - os responsáveis serão PUNIDOS SEVERAMENTE - 1,5 MILHÔES de euros

PCP - PARALISIA CEREBRAL em PORTUGAL - 800 MIL euros

BE - BENEFICIOS para necessidades ESPECIAIS - 600 MIL euros

CDS - CRECHES DOCENTES e SUBSIDIOS - 400 MIL euros

Alguém sabe fazer contas de somar???

Nala disse...

O meu?! País de alguns...ao seu melhor nível.
Simplesmente deplorável. Como sempre a inércia a que já estamos habituados, que revolta demais. Demais mesmo...