segunda-feira, 11 de maio de 2009

98


Hoje foi dia de Junta Médica.
Apresentámos o João a nova Junta Médica para procederem a uma reavaliação da incapacidade (Atestado de Incapacidade Multiuso).
+
Fomos nós que pedimos esta reavaliação pois não concordávamos com a percentagem dada há 2 anos.
Desta vez apresentámos mais relatórios médicos. Não apenas o relatório referente ao seu desenvolvimento motor (Medicina Física e Reabilitação), mas também relatórios das outras especialidades médicas: Pneumonologia e Neurologia.
+
O relatório do Neurologista (apesar de 2 pequenas gaffes referentes à idade actual do Principezinho e da idade com que adquiriu a lesão cerebral...) menciona além da tetraparésia, a distonia, discinesia orofacial, total dependência do adulto e a epilepsia.
+
O relatório da Pneumonologista foi acompanhado do relatório da TAC Tórax e de análises.
+
Os médicos ficaram incrédulos ao ver os resultados laboratoriais da Gasimetria*... tal não são os resultados!!! Duvidaram mesmo...

Infelizmente são mesmo reais.
+
Ele vive (ou SOBREvive) com uma Insuficiência Respiratória Crónica.
+
À parte estes "pormenores"... foi-lhe atribuída uma INCAPACIDADE DE 98%.
+
Parece inacreditável que o meu filho (tão perfeito!) tenha uma incapacidade destas.
Mas tem.
Eu sei que tem.
Mas não quer dizer que doa menos ver isso escrito.
+
+

*ou gasometria (análise dos gases no sangue arterial):
"A análise dos gases no sangue arterial, incluindo a avaliação independente das pressões parciais de oxigénio, dióxido de carbono, pH sanguíneo e equilíbrio ácido-base, denominada gasometria arterial, é uma apreciação essencial no estudo das funções ventilatória, circulatória e do metabolismo em geral.
Também para o estudo e escolha de decisões a tomar no doente crítico, a gasometria assume o papel de protagonista de primeira linha."

in «Gases no Sangue» de Couto, António
+


4 comentários:

Sofia disse...

2% de capacidade extra sensorial...
2% de Amor à primeira vista...
2% de capacidade para Amar...
2% de capacidade de observar o inobservável...
2% de se deixar Amar...
2% de delicadeza emocional...
2% de fascínio pela vida...
2% de calor humano...
2% de capacidade de curar o próximo...
2% de expressividade no olhar...
2% de Deus...
2% de Anjo...
2% de ensinamento...
2% de Alegrias diárias...
2% de vontade de viver...
2% X 15 de AMOR por todos os que o rodeiam e o fazem feliz...

Todos estes 2% fazem 100% e o nosso Principezinho é 100%.

ClaudiaMG disse...

Olá Mãe Sisa

Felizmente nunca passei por situação idêntica, pelo que me é bastante dificil emitir qualquer tipo de comentário.

Sei no entanto e tu também sabes melhor que ninguém, que para nós mães o importante não é o que está escrito, estes valores são mais uns valores retirados de tabelas gerais e muito poucas vezes correspondem à realidade.

Eu sei que o Principezinho tem muitas competências, tu sabes, a vossa família também, por isso não será um relatório que irá deitar isso abaixo.

Um grande beijinho

Xu disse...

DIZ-ME SO KEM FORAM ESSES AVALIADORES PA EU IR LA ENCHE-LOS DE PORRADA ... EU É Q OS METO COM 98% DE INCAPACIDADE. PODE LA ALGUMA VEZ SER ESSA BARBARIDADE DE NUMERO? Fikei com umas ganas de raiva ... tou memu a babar porrada pa cima dessa gente. Sabem lá eles o q é incapacidade, metem-me noju esses tipos q axam q podem dar assim um valor ... pffffffff ... ELE É E SERÁ SEMPRE UM 98% MAS É DE PERFEIÇAO, AMOR E CARINHO.
ADORO-TE MIUDO GIRO E A TI TUMEM, ÉS A MELHOR MÃE QUE EU CONHEÇO!Gostava de ter metade da tua capacidade de ser boa mãe e mesmo assim seria kuase kuase perfeita.

Dina disse...

Olá, olá

Sei bem o que isso é!!!!

O Afonsinho tem uma incapacidade declarada de 95%!!!

Obviamente, que e como diz a Cláudia não são os papeis que fazem os nossos filhos, nem os relatórios, nem...

É verdade como diz o meu marido, que lutamos tanto, trabalhamos há anos e anos e DESCONTAMOS MUITO e temos que usufurir dos nossos (do Afonsinho) direitos...

Mas, a grande verdade é que DOI, DOI MUITO ter que passar por estas juntas médicas (os médicos da junta do Afonsinho foram excepcionais e informaram-nos de todos os direitos que o Afonsinho tinha, utilizando uma linguagem extremamente cuidada)

A verdade é que DOI, DOI MUITO...

Beijinhos