quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Outro... pequeno susto



à semelhança do que se passou em Julho.

Hoje de manhã, a caminho do Centro, o Principezinho adormeceu profundamente (o que não é NADA normal com tráfego intenso, como estava)... eu estava talvez mais atenta do que o habitual e medindo as saturações de oxigénio, porque ele acordou com as secreções mais espessas e quando assim é, necessita de mais nebulizações a O2, cinesioterapia respiratória e com as pressas da manhã, não conseguimos fazer tudo como deve ser...

*

A determinada altura olho para ele e estava já a ficar transparente - nem cianótico estava! Estava mesmo branco-quase-transparente. Chamei-o e ele semi-abriu os olhos mas não os mexeu. Sem reacção. Não me apercebi de alterações do tónus muscular. Liguei o oxímetro e deu uma leitura de 24% SpO2... desceu aos 18% SpO2...

Os meus olhos não queriam acreditar - nem os do pai Pinguim, que entretanto parara o carro na berma da 2ªcircular!

Liguei o oxigénio a 6 lts e aos poucos, foi aumentando as saturações e recuperando a consciência (se é que ele a perdeu...) ou pelo menos ficando reactivo.

*

Decidimos seguir até ao Centro (a hipótese de ir a correr para o hospital nem foi verbalizada, apesar de ser a nossa vontade, mas temos MESMO que evitar o meio hospitalar!).


Não entrou logo para a sala, ficou um pouco cá fora comigo enquanto eu contava à enfermeira o que se tinha passado e enquanto isso observávamos as reacções dele - o que me ajudou a decidir em deixá-lo participar nas actividades. Estabilizou, apesar de ter ficando extremamente cansado, mas demonstrou vontade em ir para a sala ter com os seus novos colegas.

Durante a manhã fomos sendo informados do seu estado, obviamente...

*

Se já nos tínhamos assustado e fiacdo apreensivos com os valores das oximetrias das duas últimas crises convulsivas, como reagir a esta? O que poderemos esperar daqui?

*

Para começar, de cada vez que tem uma crise convulsiva apresenta sinais diferentes...

Depois, está devidamente medicado e é considerada uma Epilepsia controlada... mas volta e meia dá-nos estes sustos!

Depois...

Sei que os outros pais nzão têm oxímetros em casa que lhes permita fazer leituras concretas deste tipo de situações, mas nós temos devido à Doença Pulmonar e por isso estamos sempre a controlar e assustámo-nos da última vez...

A Pneumonologista "descansou-nos" em Julho ao explicar o seguinte:

- Qualquer pessoa com uma crise convulsiva faz paragem respiratória (atenção: paragem respiratória NÃO é a mesma coisa que paragem cardio-respiratória!), durante uns segundos, só que ninguém se apercebe disso;

- A paragem respiratória dá-se quando se atingem os 40%SpO2. Neste instante o centro respiratório faz uma espécie de reset (reinício do sistema) e começa a bombear oxigénio automaticamente até "entrar nos eixos", digamos assim...


O meu filho hoje "ultrapassou" esta barreira dos 40%SpO2...


Falta uma semana para a consulta com a Pneumo e duas para o Neuro...

Será que vão adiantar de alguma coisa?!?


12 comentários:

Dina disse...

Olá, olá

Realmente, é susto atrás de susto!!

Espero que as próximas consultas o possam ajudar a resolver estas situações.

Pelo que descreve parecem-me crises de ausência, tipicas da epilepsia mas, realmente não sei se fazem baixar, desta forma tão drástica os niveis de saturação.

Muitos beijinhos

Estrunfina disse...

Como eu vos admiro!!!
Beijinhos

Grilinha disse...

Ai, ai,..J. M. Deixa de pregar essas partidas que dás cabo do nosso coraçãozinho ...

Imagino o susto.

beijos para ti !!!!

Egnalos disse...

Pintão páras com esta m...!!!! Toda a gente já sabe ó quanto ÉS ESPECIAL e MUITO IMPORTANTE... mas a Tia Elli, assim como a mãe e o pai e à avó e os tios e toda a outra família ainda têm um "badagaio" com estes experiencias surreais...

Prima Ana disse...

Ó Tia, a familia do JM é unica, uma só:)))) Todos juntos transmitimos concerteza o mesmo amor e vontade de o ver feliz e saudável. Um beijo grande e melhoras. Prima Ana

Xu disse...

Arre porra q tb n pode haver sossego pá! Com mil ananases ...
Já xega de sustos!!!!!!!!!!

Mina disse...

O minha querida
Nem sei como é que há, coração que aguente.
Só um coração forte e "calejado" de uma mãe atenta.
bjocas

ClaudiaMG disse...

Olá mãe Sisa, nem consigo imaginar o susto.
Ainda bem que conseguiram resolver a situação sem terem de ir ao Hospital.

Esperemos que os médicos consigam dar respostas às vossas dúvidas, vamos acreditar que sim.

Beijinhos grandes e as melhoras do Principezinho

Sofia disse...

Gajo, sustos só os em que escondes na despensa...
Esses podemos fazer muitos!
Destes, deixa-te disso...
Um beijão muito grande para todos.
Mãe Sisa,lembra-te sempre: "AMOR CURA TUDO!"

Nala disse...

Mãe Sisa, não consigo avaliar o que sentes, apenas consigo imaginar. Fico apreensiva, quando leio estas situações que tens vivido com o teu Princepizinho.
Mas, continuo com a minha fé de acreditar, que, ele ficará bem. Um dia estes sustos deixam de acontecer e vocês os três, encontrarão a tão merecida serenidade.
Um abraço cheio de força

xanasofia disse...

DEves ser muito forte como mae, nem imagino o que passas !!!!
Um beijo mmuito grande
xanasofia

Isabel disse...

eu adorava ser como tu mãesisa, cada ves que o A. tem uma convulsão (ele tem epilepsia) eu entro em pânico, não devia mas é mais forte do que eu!
bjs
Isabel