sexta-feira, 20 de maio de 2011

Planos



"A liberdade de escolher a escola que consideram mais adequada para os seus filhos (...)é das recomendações do estudo europeu."
in INCLUSO


Eu, como Mãe e encarregada de educação vou exercer este direito.

No próximo ano lectivo o João mudará de escola.

3 comentários:

Grilinha disse...

Apoiado !!!

Sílvia, o Joãozinho é um miúdo super-inteligente, como sabemos. Precisará de estar rodeado de gente super-competente e que retire dele o máximo. Para nós, o que há a fazer é óbvio, simples e intuitivo. Mas nós tivemos a "formação intensiva e à força"....os profissionais na maioria deixam muito a desejar. Só precisariam de os respeitar, ter em conta e os tratar como tratam qq criança inteligente. Infelizmente, pessoas e professores que entendem isso há muito poucos. Mas nós como mães não podemos desistir de tentar encontrar essas almas raras. Porque TÊM de existir...por enquanto preciso de acreditar nisso. Fazes bem e exigir o melhor para o João. Beijinho ao príncipe.

Anónimo disse...

Silvia,
Penso que faz mt bem se sente,vê que algo não está bem.
Mudei o meu filho de escola á dois anos pq existiram mtos episódios que me desagradaram e magoaram o meu filho.
Td correu bem até hoje e ele está mt mais feliz e aliás ao abrigo do dec. lei 3/2008 temos sempre a opção de escolhermos a escola q entendermos.
Força, bjs e boa sorte, pq nestes casos é mesmo uma questão de sorte.
Alexandra

Estrunfina disse...

Se assim o desejas, Força.
Tens todo o meu apoio.
O Principezinho merece, e com certeza que conseguirá, o melhor.